Seja bem-vindo(a), hoje é Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

IBCC adere campanha da Braspen contra a desnutrição

O IBCC iniciou nesta segunda-feira (04/06) uma série de vídeos sobre a campanha Diga não à Desnutrição, iniciativa da Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (BRASPEN) que visa trazer ao conhecimento público os problemas causados pela desnutrição hospitalar. 
O objetivo da campanha é reduzir as taxas de desnutrição por meio de uma série de ações que incluem triagem, diagnóstico, manejo e tratamento. Conforme Thais Cardenas, coordenadora de nutrição do IBCC, existem muitos dados que comprovam que a desnutrição é uma enfermidade bastante importante, até mesmo nos hospitais. “O percentual de pacientes que chegam nos hospitais com uma desnutrição ou risco nutricional não tem mudado, o que nos leva a prestar atenção nesse fato. Uma simples pergunta ao paciente sobre o peso dele antes da doença ou quanto ele perdeu de peso de forma não intencional já alerta bastante qualquer profissional de saúde de que esse paciente precisa de atenção”, salienta Cardenas.

 

Uma desnutrição pode levar à interrupção do tratamento oncológico

Campanha

É fato que um paciente com desnutrição tem aumentado em até quatro vezes o risco de uma lesão por pressão e em três vezes o tempo de internação. Eleva ainda bastante os custos hospitalares. No Brasil, a taxa de desnutrição varia entre 20 e 60% em adultos hospitalizados e durante a hospitalização esta condição piora progressivamente principalmente em idosos e pacientes críticos.

A desnutrição apresenta ainda como principais complicações: pior resposta imunológica, atraso no processo de cicatrização, risco elevado de complicações cirúrgicas e infecciosas, e aumento do risco de mortalidade. “A desnutrição pode levar à interrupção do tratamento oncológico, por isso nossa preocupação em minimizar sempre os impactos”, destacou Thais Cardenas.

Você confere nosso primeiro vídeo aqui.

 

© 2018 Instituto Brasileiro de Controle do Câncer