Seja bem-vindo(a), hoje é Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019

Clique abaixo para saber mais sobre os seguintes exames:

Os exames laboratoriais, chamados de análises clínicas, iniciam-se com a coleta do material a e termina com a emissão de um laudo diagnóstico. Na hora da coleta, o paciente deve ser orientado de acordo com a especificidade de cada tipo de exame, sobre o procedimento correto de coleta, manipulação e conservação do material, que posteriormente será analisado.

Os exames de análises clínicas são:

- Exames de sangue;
- Exames de urina;
- Exame de fezes.

Os exames de anatomia patológica avaliam, por macroscópio e microscópio, as lesões causadas pelas doenças, a partir de qualquer tecido ou órgão retirado do paciente. O diagnóstico é que vai orientar o tratamento e prognóstico do paciente.
Exames efetuados:

Citologias de Papanicolao
Citologias de Líquidos Orgânicos
Citologias Aspirativas
Citologias Mamárias
Histologias
Teste HPV
ThinPrep
Imunohistoquímica
Receptores hormonais
Biópsia Gástrica

No IBCC Oncologia você encontra o exame, também conhecido como Ecocardiograma Bidimensional com Doppler Colorido. Ele é indicado para avaliar a anatomia e função do coração. É possível detectar eventuais alterações cardiovasculares e investigar alterações estruturais e/ou funcionais do coração e a capacidade cardíaca.

Agenda convênio e particular: 2ª feira, das 14h às 17h.

Abertura de Ficha: Recepção do SADT Convênio no 1º andar.

Realização: Piso Térreo corredor 3 (sala 1).

Mamografia é o exame radiológico dos tecidos moles das mamas que permite detectar o câncer precocemente, antes que ele seja palpável ou se manifeste através de outros sinais clínicos. A detecção precoce permite que o câncer de mama seja curável em cerca de 90% dos casos.

Usando raios x com filmes especiais para o tecido mamário, um técnico compressa a mama e a fotografa de dois ângulos diferentes, criando uma série de imagens para cada uma das mamas. Essas imagens são chamadas de mamograma. O tecido mamário aparece branco e opaco e o tecido gordo aparece mais escuro e translúcido. Nas imagens, é feito um exame de raios x nas mamas, de cima para baixo, e de lado a lado. O diagnóstico do mamograma focaliza uma parte ou área com tecido anormal.

Medicina Nuclear é exame-diagnóstico que demonstra o metabolismo ou funcionamento dos órgãos do corpo, por meio da utilização de substâncias radioativas que são captadas por uma câmara especial e registradas na forma de imagem.

O Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC) coloca à disposição de seus pacientes o equipamento de PET-CT, destinado ao diagnóstico do câncer. Por meio deste exame é possível medir alterações no metabolismo celular por todo o corpo, detectando as mínimas lesões tumorais existentes.

Com a capacidade de realizar 10 exames por dia, o PET-CT produz imagens de altíssima qualidade, além de poder avaliar simultaneamente a presença de alterações funcionais, possibilitando assim um diagnóstico precoce e mais preciso de diversos tipos de câncer, doenças neurológicas e doenças cardiológicas.

O exame é realizado através da injeção de pequena quantidade de um radiofármaco, que consiste em glicose marcada com material radioativo (flúor-18). O paciente permanece, então, por cerca de 30 minutos no aparelho, onde serão produzidas imagens diagnósticas detalhadas.

Uma biópsia é a remoção das células ou tecido de uma massa suspeita. O tecido ou as células são examinados sob um microscópio para verificar as células cancerosas. Uma biópsia pode ser feita quando uma alteração na mama anormal é encontrada durante uma mamografia, ultra-som ou exames físicos.

A biópsia é a única maneira de se determinar se o ponto problemático em potencial é câncer ou trata-se de um tumor benigno. Há diversos procedimentos de biópsia. O método recomendado pelo médico dependerá do tamanho do nódulo e se a área está anormal, além de onde na mama o caroço está, quantos nódulos ou áreas anormais há (também calcificações suspeitas), se há outros problemas médicos e quais são as preferências do paciente.

A radiologia convencional segue na atualidade sendo a técnica de diagnóstico por imagem mais utilizada, sobretudo as radiografias de tórax e esqueléticas para detectar fraturas, por exemplo. É o exame-diagnóstico de menor relação custo-benefício nessas circunstâncias.

O exame é feito utilizando um aparelho simples, com mesa e tubo de raios x que atravessam o organismo e registram uma imagem/radiografia do órgão em estudo, sendo bastante utilizado em avaliação de tórax, coluna vertebral, seios da face, mãos, dedos e ossos em geral.

Tomografia computadorizada é um exame de diagnóstico por imagem que utiliza a emissão de raios x comandado por computador, sendo mais completo que a radiografia convencional. Produz diversas imagens seqüenciais, em plano transversal da região do corpo a ser examinada, permitindo que se descubram problemas em diversos órgãos.

A tomografia computadorizada representa atualmente um dos maiores avanços tecnológicos na área de diagnóstico por imagem. Com ela é possível avaliar, de forma precisa, a localização e a extensão das lesões ou tumores.

Ultra-sonografia é um método de diagnóstico por imagem que utiliza equipamentos sofisticados que emitem feixes sonoros de alta freqüência e que se propagam através do corpo humano, permitindo de forma simples e rápida a avaliação de vários órgãos, sendo totalmente inócuo para o organismo e também de baixo custo.

Entre suas principais indicações estão:

• ultra-sonografia de mamas e axilas;

• ultra-sonografia de tireóide, glândulas salivares, testículos e outros órgãos superficiais;

• ultra-sonografia do abdômen superior (fígado, vesícula biliar, pâncreas e baço);

• ultra-sonografia de rins e vias urinárias;

• ultra-sonografia pélvico-ginecológico e transvaginal;

• ultra-sonografia obstétrica para avaliação gestacional e da vitalidade fetal;

• ultra-sonografia da bexiga e próstata, inclusive por via transretal, permitindo que se realizem as biópsias;

• ultra-sonografia de músculos e tendões, para avaliar tendinites e roturas músculo-tendíneas;

• ultra-sonografia com Doppler colorido das estruturas vasculares, como aorta abdominal, carótidas, artérias e veias dos membros inferiores e superiores, para pesquisar tromboses, arteriosclerose, etc.

 

CENTRAL DE AGENDAMENTOS DE CONSULTAS E EXAMES

Os agendamentos podem ser por telefone (11) 3474-4200.

Segunda a sexta-feira das 7h às 19h;

Sábados das 8h às 13h.

AGENDAMENTOS REALIZADOS – SUS

  • Exames com pedido do IBCC;
  • Raio X;
  • Mamografia;
  • Ultrassonografia.

AGENDAMENTOS REALIZADOS – CONVÊNIO

  • Exames;
  • Raio X;
  • Mamografia;
  • Ultrassonografia;
  • Tomografia;
  • Ressonância Magnética;
  • Biopsia;
  • Core Biópsia;
  • PAAF

*Para agendamentos diferentes dos informados ligar no 3474-4222.

*Também é possível agendar pessoalmente em nossa instituição de segunda a quinta-feira das 7h às 17h ou sexta-feira das 7h às 16h.

© 2019 IBCC Oncologia