Seja bem-vindo(a), hoje é Quinta-feira, 22 de Novembro de 2018

Em III Módulo da Oficina “Trilha da Estratégia” do Planejamento Estratégico, IBCC fala sobre indicadores e metas

Você conhece os indicadores e metas do seu setor? Entendem qual a importância deles para a tomada de decisão?

Essas foram as principais questões abordadas no III Módulo da Oficina “Trilha da Estratégia” do Planejamento Estratégico. O momento propiciou o debate sobre o significado dos indicadores e a sua importância para a execução da estratégia. “Os indicadores auxiliam principalmente na redução da incerteza para a tomada de decisão, e junto a eles estabelecemos metas para entender a performance da organização e qual o esforço que é preciso empregar”, comenta Letícia Marina, analista do Planejamento Estratégico do IBCC.

                A proposta da Oficina é nivelar o conhecimento e envolver o nível tático para o alcance do maior desafio da organização que é a visão “Expandir e ofertar serviços no país e ser reconhecida como uma rede oncológica pela solução completa e sua atuação na assistência, ensino e pesquisa”. A partir do desdobramento desse desafio conseguimos entender os objetivos estratégicos e definir os indicadores com maior assertividade, baseado em foco de análise e nas principais decisões-chave.

                Na oportunidade, foi apresentado um case da Radioterapia pela gerente de Serviços de Apoio Mooca, Viviane Zan. Esta englobou a questão do foco de análise e a redução da incerteza na tomada de decisão. “Devemos medir por meio de indicadores quantitativos, qualitativos e também pela nossa percepção, mas além disso é importante olhar para o cenário externo e entender o que o mercado está fazendo, assim podemos compreender melhor a análise e qual o caminho viável para alcançar o objetivo pretendido.

Até o final do ano será realizado o último módulo da Oficina com o tema Projetos.  Lideranças de todas as áreas participam das capacitações.

 

 

 

 

 

© 2018 Instituto Brasileiro de Controle do Câncer